sexta-feira, 13 de março de 2009

Aniversário de Solteira

Sexta-feira, 13.

Confesso que, ficar em casa, não é uma opção das mais proveitosas. Mas às vezes, é tão gostoso.
Quando você fica solteiro, depois de muito tempo namorando, ou whatever, você quer mais é botar pra quebrar. Você tem que saber como você está sendo visto, aliás, se está sendo visto.
Aprender a flertar novamente. Sim, pode me chamar de idiota, fui totalmente fiel, se é que isso existe ainda. Só "aprontava" nas inúmeras vezes que terminávamos, mas isso não vem ao caso.

Continuando, você quer azarar, você quer se mostrar, você perde 15 kg, pinta seus cabelos de loiros e quer arrasar. De vez em quando, você consegue. Outras vezes, nothing. Mas você se diverte. Refaz amizades, faz [re]descobertas, e o mundo volta a girar, para você.

Mas aí, de repente, perde a graça. As saídas não tem mais tanta sintonia, suas amigas não te acompanham mais, e você perde a entonação.

Eu, particularmente, funciono melhor a noite. Amo a noite. Amo mesmo! Eu adoro o dia também, aquele sol te implorando para sair da cama e ir aproveitar o dia com seus óculos escuros. Mas é de noite que aconteço. Que tenho idéias, que tenho meus pensamentos mais profundos [e profanos tb! ;-)].
Mas enfim, sexta-feira, e eu em casa. No começo, já tava me dando uma certa depressão. Pensei em mil possibilidades, mas mesmo com alguns convites, não quis.

A verdade é que, nesse mês, completo um ano, depois de quase 5 de namoro, sem um "namorado". E sim, estou bem. Não, não sinto saudades.

Ai, mas bate uma carência né? Que saco !! Nem um P.A que preste, eu tenho! rsrs

Nesse um ano, conheci várias pessoas, me apaixonei inúmeras vezes, mas nada que durasse mais de uma semana.

Aí, em meio a uma TPM [você quase nunca vai me ver justificando algum ato meu durante meus dias macabros, mas aqui eu sou obrigada a dizer!], você volta 15 anos da sua vida, e pensa: será que eu estava certa? Morrerei sozinha??

Muito triste. Me recuso a acreditar nisso!

Às vezes, tenho a sensação de que os homens estão assim, tão fraquinhos. De xavecos, de idéias, de atitudes. De tudo. Credo!

NÃO! Não virei lésbica. Nada contra. Mas eu gosto de outras coisas que não são proporcionadas pelo sexo feminino, como uma barba bem ralinha encostando nas minhas costas. Ui... melhor mudar de assunto, afinal, sexta-feira, 13, a madrugada chegando ... PERIGO!!!

Será que é só uma fase? Ou estou exigente demais? Acho que não ... talvez realista.

Vou me embebedar de música agora!

See ya!

3 comentários:

  1. Bom, a parte que eu quero comentar é: eu não vou morrer sozinha.

    Vou ter meus amigos, aqueles leais e reais, sempre por perto.

    Pra mim, sinceramente? Só isso que importa. Se tiver um amor, legal, mas se não tiver um amigo, então não vai ter valido a pena.

    ResponderExcluir
  2. Caraca...só 1 ano de solteirice ? Pensei que fosse mais ...Já foram tantas emoções não ?..rrsrsrs

    Não estar no pique depois de um tempo é normal...Mas o pique volta viu...é de época, de time...de estar "in teh mood"...Perfectly normal honey !

    Bjs !

    ResponderExcluir
  3. Aninhaaaaaaa ... vc bem entendeu o que eu quis dizer, nééééémmmm? rs

    Mas enfim, concordo. Foram meus amigos que me proporcionaram os melhores momentos dessa vida. Mas volta e meia, vc assiste um filme românticuzinho, e deseja viver isso. Ai, eu sou assim! rs

    Márci! Pois é, parece mais, várias emoções QUE VIVEMOS, detalheee! Sim, o pique deve voltar, ou eu arrumo outras coisas para fazer!

    Beijo e um cheiro!

    ResponderExcluir

Valeu pela visita!