terça-feira, 19 de outubro de 2010

" I don´t wanna go all alone "

Todos nós temos um propósito.
Todos nós temos um objetivo, seja ele racional ou não.
O meu, por um bom período, que nem deve ser chamado de período, e sim quase a vida toda, foi tentar ser o que a sociedade exigiu, em todos os aspectos.
E isso sempre era reforçado pelos namorados, pela família, por muitas pessoas à minha volta.
E quando eu deparava com o diferente, bem, eu entrava em choque. E mesmo que isso fosse exatamente o que eu gostaria de ser, eu lutava contra.
Ao mesmo tempo, eu sempre fui uma pessoa diferente. Eu e minha bolha cor-de-rosa, onde eu era exatamente o que eu queria (?) ser, falar e julgar sem pestanejar, a sincera, a correta. A sombra de alguém que não era bem eu.
Acontece que na teoria, tudo é muito mais fácil. E convenhamos, eu sempre fui uma teoria. Exatamente porque era mais fácil escolher o caminho que eu já conhecia. Só que há muita contradição na teoria também. Você vai num psicólogo, e ele te fala o quanto você é especial, e que você deve enxergar isso. Porém ele não te diz como você deve ver isso, aonde olhar. Isso é por sua conta. Então me diz, para que pagar alguém para te dizer o que você já sabe? Contradição.
A verdade é que ninguém te ensina a viver. As pessoas te avisam que o caminho mais fácil pode ser escolhido, mas a sua personalidade aponta para o outro lado.
será muito errado você querer descobrir quem você é? O que te deixa paralisado, o que te põe medo, o que te aflige?
Minha busca sempre vai ser pelo AMOR, mesmo que eu grite e aja como uma impulsiva a maior parte do tempo. Minha alma só grita por isso. E sim, pode ser que eu esteja me preparando para este grande encontro, só não sei se este encontro será com THE ONE ou comigo mesmo. Se for os dois, melhor pra mim.
Acho que em 16 dias, não se tem base para nada. Mas hoje, só posso dizer que os obstáculos virão de todos os lados, não importa onde você está. Se no meio do mato, morcegos podem aparecer e te assustar de uma maneira que você não imaginou um dia. Se na cidade, grande e poluída, você pode encontrar alguém que só queira roubar seu brilho e te fazer infeliz, apenas por diversão.
A vida é bonita, sem dúvida nenhuma. Olhar o mar verdinho, vindo ao seu encontro, é uma das mais bonitas fotos tiradas na minha mente. Mas, só isso não basta. Você quer um mar lindo e um par de mãos dadas, para sentir que existe realmente um porto seguro. Você quer uma casa que esteja em cima do mar, para acordar com as ondas todos os dias. Você quer ter alguém, porque este é o propósito das pessoas românticas, sensíveis que vivem em suas bolhas cor-de-rosa. Acontece que pessoas machucam. Pessoas partem seu coração. Pessoas mentem. Outra contradição?
Hoje eu disse ao meu coração: não, você não vai desistir. Você vai continuar buscando, acreditando, esperando. Um dia, coração, eu sei que nós vamos acertar. E saber o que é isso que muitos falam. Saber não. Sentir. Sentir de verdade.
E, no meio tempo, eu só peço que minhas escolhas não sejam mais julgadas. Que eu não prejudique ninguém. Que eu colha meus bons frutos, porque a terra está fértil agora. Que o sorriso de criança permaneça e eu alcance o que tanto procuro.

Essa sou eu, apelando ao Universo, que me recompense da melhor maneira possível.